Vivencie com carinho a Bruxinha que mora em seu coração

O Halloween surgiu entre os Celtas ha mais de 2 mil anos para comemorar o inicio do Ano Novo.
Na tradição celta, o réveillon começava na noite de 31 de Outubro e terminava somente dia 02 de novembro.
Esta data era considerada um momento de passagem, por isso era mais propicia para realização dos desejos.
Também chamado de Samhaim ( dia das almas), os Celtas acreditavam que na noite de 31 de Outubro o mundo espiritual se encontrava com o material. Na historia moderna, o costume do Halloween foi levado para os Estados Unidos por imigrantes irlandeses, em 1840, e a data virou uma festa tradicional.Apesar de ter chegado da Irlanda, a brincadeira era um costume Europeu chamado de Souling(almejar). No dia 02 de novembro, os cristãos pediam Soul Cakes(bolo de alma) preparados em pequenos pedaços de pão groselha . Ao receber o bolo, a pessoa tinha que fazer uma oração para um parente morto do doador. Ate que a igreja católica determinou que o 1 de novembro seria Dia de Todos os Santos( All Hallows Even) e a palavra acabou dando origem ao termo Halloween.
Que as Guardiãs femininas do Saber Oculto das terras do Norte – Escandinávia = Hallowinas iluminem nossos passos…E acolham nossos corações com ternura!
Neste Halloween, faça uma “Convenção de Bruxas” e juntas realizem amuletos e encantos
para o ano todo. Procurem compartilhar ideias e sentimentos enquanto
executam o trabalho.

Um pouco de estoria

Esta festa é realizada em grande parte dos países ocidentais, porém é mais representativa nos Estados Unidos. Neste país, levada pelos imigrantes irlandeses, ela chegou em meados do século XIX. Esta data comemorativa tem mais de 2500 anos, surgiu entre o povo celta, que acreditavam que no último dia do verão (31 de outubro), os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos.Para assustar estes fantasmas, os celtas colocavam, nas casas, objetos assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos decorados, abóboras enfeitadas entre outros.
Por ser uma festa pagã foi condenada na Europa durante a Idade Média, quando passou a ser chamada de Dia das Bruxas. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição.
No Brasil a comemoração desta data é recente. Chegou ao nosso país através da grande influência da cultura americana, principalmente vinda pela televisão. Os cursos de língua inglesa também colaboram para a propagação da festa em território nacional, pois valorizam e comemoram esta data com seus alunos: uma forma de vivenciar com os estudantes a cultura norte-americana.

Gostosuras ou Travessuras?

“Trick or track?” Com esta frase, as crianças percorrem as casas trocando guloseimas pelo sossego dos adultos. Então, que tal esperá-las com surpresas de arrepiar!
As surpresas e os pequenos truques não podem faltar, por isso, compre ratinhos , aranhas e lagartixas de borracha e coloque-os, atrás da porta do banheiro, nos pés das cadeiras, subindo pelas toalhas e pelas paredes. Também encha grandes balões de gás com estes brinquedinhos e combine com as crianças para que meia noite em ponto, estourem todos ao mesmo tempo. Organize um desfile de fantasias, com prêmios para a mais bonita, ou melhor, a mais feia e a mais original.

 

Enfeites para seu Lar

Comes e Bebes

O cardápio deve acompanhar o espírito da festa, então que tal docinhos de forma de monstros, bolos decorados com teias de aranha e gato preto, sorvete roxo e sucos coloridos?
O símbolo Maximo da festa se transforma em um criativo bolo recheado com doce de leite e geléia,para dar um toque tenebroso as forminhas de gelatina roxa, biscoitos esfarelados imitando terra e muitas minhocas coloridas. Numa variação dos apreciados hot – dogs, as salsichas são envolvidas em massa como múmias e assadas, enquanto as mini pizzas ganham caras de ratinhos. Do contraste branco e preto do pão de forma, surgem os sanduíches estrelados.
As famosas abóboras, caveiras e bruxas modeladas em chocolate viram pirulitos para enfeitar a mesa e depois servirem de brindes. As casquinhas se sorvete são recheadas com bala, confeitos e jujubas que as crianças adoram.

Namastê!

Monica

Gostou do artigo? Achou-o curioso? Dê um curtir para ele!