sentir

Na Irlanda,é comemorada com danças e fogueiras.
Irmã gêmea de Grian, a rainha dos elfos, ela era considerada um aspecto da Deusa Mãe dos celtas Ana, Anu, Danu ou Don.

Os fazendeiros passavam tochas acesas sobre os campos e ao redor do gado para afastar as doenças e as pragas, invocando a proteção de Aine a deusa das fadas.

Originariamente, Aineera uma deusa solar, apresentando-se como uma égua ruiva que corria velozmente sobre os campos, morando em Cnoc Aine, na Irlanda.

Vamos ao ritual para homenagear as fadas:

Vista-se de verde, acenda. uma vela e um incenso de flores, enfeite
seu local sagrado com flores silvestres e folhas verdes, coloque uma música com flautas. Ofereça-lhes um cálice com vinho, brindando antes a Deusa Aine. Agradeça as energias benéficas das Fadas na manutenção da vegetação e peça-lhes que protejam sua propriedade,
suas plantas e seu animais. Comunique-se mentalmente com elas, procurando perceber sua manifestação. Leve, depois, sua oferenda de flores e vinho para algum bosque ou parque (nada de deixar copinhos ou sujeira lá), amarre uma fita verde na árvore que você sentir sintonia.

Você sabia

Que segundo a tradição celta, esta Deusa Fada  ajudava os viajantes perdidos nos bosques irlandeses.
Diziam que para chamá-la bastava bater três vezes no tronco de uma árvore com flores brancas. Sempre que se sentir “perdido”, faça o mesmo, chame por Aine de Knockaine batendo três vezes no tronco de uma árvore com flores brancas. Com certeza ela vai ajudar. E você encontrará seu caminho.

Gostou do artigo? Achou-o curioso? Dê um curtir para ele!